27 de julho de 2011

Falando de Sexo



Adoro falar de sexo (talvez se fizesse mais, não falasse tanto). Ai vocês me perguntam o porquê debater sobre sexo na Ordem Demolay (não tem nada haver né... são apenas jovens de 12 a 21 anos em plena puberdade e com os hormônios a flor da pele). Como Demolay ativo (não só nas sessões mais também nos churrascos), tenho acompanhado a discussões dos irmãos sobre esse tema e posso dizer que estou preocupado.
Tenho 17 anos e desde minha época de criança muitas coisas mudaram. Aos 13 anos minha maior paixão era umplay dois e a única pornografia que tinha acesso.:”o RED TUBE
Hoje me deparo com pré-adolescentes que só falam “naquilo” e contam suas relações (para não dizer posições) como se fossem atos heróicos.

Meu enfoque nesse post não é a precocidade com que as relações sexuais estão acontecendo, mas sim o valor e a representação (quase nula na verdade) que isso está tendo na vida dos jovens. Partindo do início, mulheres não são pedaços de carne, elas têm sentimentos (principalmente naqueles malditos dias de TPM). Mas antes que vocês possam falar que ultimamente o mundo está perdido e que elas não estão se dando o valor, lembrem-se, sua mãe e sua irmã também são mulheres.

Quando inocentemente eu perguntei a minha querida vó o que era sexo, a velha correu atrás de mim com uma cinta, de La pra Ca, a caça as bruxas sobre esse assunto acabou, não é mais tabu falar de sexo, camisinha, Aids , gravidez. O tabu é falar de sentimento, afinal é esse detalhe que diferencia sexo de xvideos, pornotube, redtube, 5x1 e etc. Não quero dar uma de moralista falando para vocês só fazerem sexo quando casarem (cada um sabe de sua vida), mas que tal tratar esse ato com mais respeito, entre quatro paredes vale tudo (no meu caso, fio terra nem pensar), o que NÃO VALE é sair por ai difamando as garotas, tratando-as como uma picanha (ou coxão duro). Os amigos podem saber de alguns detalhes (afinal contar vantagem faz parte), mas contar vantagem é uma coisa; já identificar, apontar, julgar e xingar, é outra totalmente diferente. O pior é quando a pessoa faz um vídeo de uma inocente garota e divulga no colégio e fica famoso na cidade inteira ¬¬. #fato.
Na Ordem é nossa OBRIGAÇÃO respeitar todas as mulheres, não pense nisso como algo restrito a nossas mães e irmãs, afinal deve haver respeito no amor, no sexo e em todo lugar. Sobre esse assunto, não se ligue a estatísticas e quantidades, a experiência lhes mostrará que o que realmente importa é, e tudo o que ele proporciona.

Aos garanhões (alto-falantes) de plantão eu digo para tomarem cuidado, pois da mesma forma que vocês falam das meninas, elas também falam de vocês. Penso que seria melhor utilizar a língua de uma maneira mais produtiva (se é que me entendem) ao invés de falar mal.

Sexo é uma etapa da vida. A idéia é evoluirmos, porque se fazer sexo é bom, fazer amor é melhor ainda, mas isso é assunto para um próximo post (se eu não for esquartejado pelo conselho antes ehehehe).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vc vai gostar...